3 de setembro de 2012 •

#ProntoFalei ~ Estilhaça-me

Oie gente \o/

O #ProntoFalei de hoje traz o livro Estilhaça-me, de Taheref Mafi.




Estilhaça-me (Shatter Me)
Autora: Tahereh Mafi
Editora: Novo Conceito
SinopseJuliette nunca se sentiu como uma pessoa normal. Nunca foi como as outras meninas de sua idade. O motivo: ela não podia tocar ninguém. Seu toque era capaz de ferir e até matar. Durante anos, Juliette feriu e, segundo seus pais, arruinou o que estava à sua volta com um simples toque, o que a levou a ser presa numa cela. Todo dia era escuro e igual para Juliette até a chegada de um companheiro de cela, Adam. Dentro do cubículo escuro, Juliette não tinha notícias do mundo lá fora. Adam ia atualizando-a de tudo. Juliette não entendeu bem o que estava acontecendo quando foi retirada daquela cela e supostamente libertada, ao lado de Adam, e se vê em uma encruzilhada, com a possibilidade de retomar sua vida, mas por caminhos tortuosos e totalmente desconhecidos. "Estilhaça-me" é um romance fantástico, que intriga, angustia e prende o leitor até a última página com uma história surreal que mistura amor, medo, aventura e mistério e traz um desfecho surpreendente.

ATENÇÃO! ESSA POSTAGEM CONTÉM VÁRIOS SPOILERS.



Mas geeeente, o que é isso?

Eu gostei do livro, gostei mesmo. É uma estória meio bléh, mas um bom bléh para quem gosta de literatura fantástica.
Eu por exemplo, adorei o seriado Heroes, adoooooro X-men, então como não gostar de Estilhaça-me certo? Mas eu confesso que esperava um pouco mais dele, só um pouco.
E que tanto de repetição era aquele meu povo? 
Eu entendi a razão delas, entendi mesmo, quero dizer, eu tomei aquelas repetições como parte da loucura de Juliette por ter sido tão maltratada, por estar ha tanto tempo sem tocar ninguém, inclusive consegui até imaginar como poderia ser aquilo em um filme. Mas ler, e ler, e ler, e ler mais um pouco daquelas repetições em fim era um pouco cansativo...
Aliás, uma dúvida, do meio para o final do livro ela diminui mesmo as repetições ou eu que me acostumei? Respondam nos comentários abaixo.
E quanto ao Adam? *.*
Tem que ser muito forte para fazer tudo o que ele fez, e o amor tem que ser grande também para arriscar tudo daquela maneira...
E o Warner, meio (inteiro) louquinho não é? Tudo bem que o livro deixou a entender que ele tem um problema bem sério relacionado a sua mãe, mas mesmo assim, a obsessão dele por Juliette define a loucura.
Se bem que, sei lá, parece que ele é meio revoltado com o papis dele, capaz do guri querer a Juliette para um plano de vingança contra o próprio pai, só não sei se seria para livrar o mundo do Restabelecimento ou para controlar tudo  sozinho... O que vocês acham?
Mas algo que achei meio, sei lá, forçado ali naquela estória foi exatamente o Adam e o Warner serem imunes aos poderes de Juliette, achei meio clichê, sei lá.
É tipo, tudo bem, eu aceito que tem uma galera ai que desenvolveu poderes que nem no X-men e no Heroes, que a Juliette parece demais com a Vampira no quesito "me toca que te sugo a essência", mas dai exatamente o mocinho e o vilão são imunes? Ahh, por favor, dava para ter deixado isso mais interessante.
Enfim, pode até não parecer, mas eu gostei do livro sim, rsrs.
E vocês?


7 comentários:

Anna Gabby disse...

Oi,
Estilhaça-me está na minha lista de desejados. Por isso não li toda a resenha (vc disse que tem spoiler). Mas até onde li acredito que vou gostar afinal, gosto de x-men. Espero que as retpetições não me cansem.

Bjinhos
L&V
http://anna-gabby.blogspot.com/

Lörien disse...

Apesar de vc ter dito que o livro e meuio bléh, eu gostei, me chamou a atenção justamente pq me lembra a vampira dos x-men e eu sou super fã dela, então vejo o livro como uma visão mais profunda desse tema.

Genilda Silva disse...

Quero ainda ler este livro, porque tenho lido resenhas boas e outras críticas sobre ele, quero ver em que grupo me encaixo!

Karen Soarele disse...

Eu ainda não li esse livro, mas li o comecinho (aquele que vem no panfleto). Também estranhei a repetição, mas tudo bem. É interessante ver uma forma diferente de narrar uma história.

Beijos!

Beatriz F. Bastos. disse...

Eu percebi que as pessoas ou amam ou odeiam esse livro. Não tem um meio termo. Talvez alguns até achem mais ou menos. Eu pretendo ler o livro, mas não queria comprar, pois vai que eu sou do grupo de odeia?

Nizete disse...

Nada a declarar... ainda.
Não o li, mas quero muito. Só não sei quando. hehehe

bleh, ou não bleh, está aí um livro que irei ler.
bjo
Cia do leitor

Ka Alencar disse...

Geeeentem
Eu gostei do livro, gostei mesmo.
Só, sei lá, esperava mais talvez, não sei explicar. rsrs
Mas gostei sim. rs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...