8 de julho de 2012 •

#ProntoFalei - Querido John ~ Livro e Filme

Oie Gente!

No #ProntoFalei de hoje, eu vou falar sobre a minha mais recente leitura, o livro Querido John do Nicholas Spark.


ESSA POSTAGEM CONTÉM VÁRIOS, APAIXONADOS, TRISTES E REVOLTADOS SPOILERS




Quando peguei esse livro emprestado com uma colega eu pretendia fazer uma resenha, mas depois de ler eu percebi que não dava para falar sobre esse livro de uma maneira calma, sem soltar spoiler... Simplesmente não dava! Então tinha que ser no #ProntoFalei mesmo. rsrs
Na página 28 eu já estava segurando o choro.
Na página 50 eu já não conseguia segurar.
Mas devo dizer, o que mais me emocionou no livro não foi o amor entre John e Savannah. Claro, foi lindo, intenso e puro, mas o que realmente arrancou lágrimas de mim foi a relação que o John tinha com o pai.
Cada vez que ele descrevia seu relacionamento, suas histórias com seu pai eu simplesmente chorava, chorava e chorava.
Na hora da morte do pai então, nossa...


Eu estava em um consultório médico quando li essa parte, tive que me esconder dos muitos olhares que o pessoal lançava pra mim, meus olhos vermelhos e minha blusa ensopada de lágrimas.
Para mim, definitivamente, a relação do John com seu pai foi o que o livro teve de melhor.
A relação entre o John e a Savannah também foi linda, foi tocante, sem dúvida um amor muito intenso, mas simplesmente não conseguiu tirar muito de mim.
Ainda assim eu fiquei revoltada com o final, como assim eles não terminam juntos?
Tudo bem, por um lado até que isso é interessante, tipo, meio imprevisto você poderia dizer... Mas ainda assim eu queria que os dois acabassem juntos.


Quando ela envia a carta dizendo que estava apaixonada por outro, eu soube logo que era o Tim, só podia ser ele.
Dai o John chega, confirma, e descobre que o Tim está doente. "É agora!", eu pensei. O Tim vai acabar morrendo e eventualmente eles vão ficar juntos, mas o John vende as moedas do seu pai (whaaaat?) e paga pelo tratamento experimental.
Tudo bem Ka, fica calma... O que vai acontecer é que o tratamento não vai funcionar e eles vão ficar juntos.
Aham, aham.... ¬¬
Coitado do John, sofreu a maior parte do livro.
Dai eu fui para o filme.
Ele não teve a menor chance, o filme, quero dizer.
Depois que você lê o livro, o filme sempre se torna decepcionante, não tem jeito. É muito dificil, a gente sempre acaba achando que poderiam ter incluido essa ou aquela cena, e nunca fica bom o bastante.
Mas mudaram muita coisa. O Tim já ser casado e o Alan ser filho dele, achei realmente desnecessário.
A única coisa boa foi que o filme me deu o final que eu queria, ou pelo menos o inicio dele.
E claro, a escolha dos atores também foi muito boa.
Bem, é isso.
E vocês, o que acharam do livro e do filme?

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...