9 de julho de 2012 •

Indicação de Livro - O Punhal - Jessica Anitelli

Seus olhos verdes sempre cruzavam com aqueles olhos gélidos durante a noite. Ao vê-los, junto com aquela pele esbranquiçada, o coração disparava, os pelos do corpo arrepiavam e a boca secava. Eram essas as sensações que Diogo sentia ao ver a figura daquele homem que o seguia desde criança. Sentia medo, lógico, mas por outro lado tinha a sensação de que algo em sua alma os ligava. Mal sabia que Augusto, um vampiro com mais de 100 anos, tinha planos para ele, planos esses que envolviam sua ida para a vida noturna. Após a noite em que o sangue de Augusto tocar seus lábios sua adolescência nunca mais será a mesma, se tornará sombria, tenebrosa, intrigante e ao mesmo tempo fascinante. Mas conseguirá ocultar lembranças e sentimentos humanos? Esquecerá o amor por Júlia? As mudanças sofridas no início de sua existência noturna serão baseadas em Henrique, um vampiro que possuía os mesmos olhos verdes de Diogo e de sua família, tão verdes quanto às esmeraldas contidas no punhal."



Eu tenho uma confissão a fazer:



Eu adoro BookTours, simplesmente adoro.
Quando vejo alguém falando que tem uma inscrição para um BT aberta, eu pego o link, me inscrevo e depois vejo qual é o livro.
Tá, não tanto assim, mas quase... rsrs
É que eu acho a ideia de um só livro viajar Brasil afora, passando por mãos, olhos e leituras diferentes simplesmente genial.
Bem, no que se refere ao livro O Punhal, quando eu me inscrevi para o seu BT eu realmente não sabia sobre o que era o livro, eu vi a capa e me apaixonei, nem me dei ao trabalho de ler a sinopse, bem assim de louca.
Mas sorte a minha, o livro é realmente bom!
Diogo é um adolescente como outro qualquer: vai à escola, tem uma namorada que adora, amigos, festas, enfim, uma vida normal. A não ser, claro, pelo sujeito sinistro que o segue desde criança.
Pelo menos ele acha que alguém o segue, pois sua família lhe diz o contrário.
Tudo ia bem até que, depois de sofrer um assalto ao lado de sua namorada e levar um tiro quando a tentou defender, Diogo fica à beira da morte.
Sua salvação? O vampirismo.
Pois é, O Punhal é sobre vampiros.
Mas apesar de ser um tema já bem explorado, O Punhal  conseguiu falar de vampiros de uma maneira que não ficou, digamos, repetitiva.
Principalmente quando ela fala sobre a alimentação deles, nada de ser vegetariano, sugar animais ou ter experiências quase sexuais ao se alimentar.
É comer mesmo, ter o prazer de caçar, se alimentar do medo do humano sugado.
A única coisa que eu não gostei muito foi da narrativa, às vezes ficava um pouco confusa. Em cenas onde tinham muitos personagens (todos bem marcantes por sinal), a narrativa ficava meio confusa. Ela descrevia um e no meio da cena, já era outro personagem...
Eu tinha que parar e reler para ver de quem ela estava falando.
Mas isso aconteceu pouco também, não foi o livro inteiro.
No geral, é um livro bem legal de se ler, conseguiu prender a minha atenção e me fazer querer mais, coisa que não aconteceu, por exemplo, quando li Diários de Um Vampiro.
Sim, eu disse isso mesmo, que gostei mais do livro O Punhal do que do livro Diários de Um Vampiro.
Não me matem, essa é a minha opinião, vocês não são obrigados a concordar.
Enfim, eu recomendo!

4 comentários:

Jéssica Anitelli disse...

Olá Karol.

Que bom que você gostou do livro. Fico feliz com isso.

Gostei da resenha ^^

Abraços e beijos

Jéssica Anitelli
http://jessicaanitelli.blogspot.com.br/

Anna Carolina Schermak Alves disse...

Ao contrário de vc não sou muito chegada no tal booktour.
Mas gostei da resenha amiga, me interessei ;D

Pausa Para um Café - Resenha de Livros

@amaliaprade disse...

Mais um livro que eu nao conhecia!
Otima resenha, Ka!!
Beijosss

Fátima Menezes disse...

Livro interessante. Pelo título, jurava que era uma fantasia medieval. A sinopse guarda algo misterioso, o que é pouco comum em se tratando de livros sobre vampiros.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...