12 de novembro de 2013 •

Indicação de Livro ~ Sangue na Neve - Lisa Gardner - @Novo_Conceito

Ola pessoal =)

Hoje estou aqui para falar para vocês sobre o livro Sangue na Neve, da autora Lisa Gardner, lançado pela Novo Conceito.


Título: Sangue na Neve
Autora: Lisa Gardner
Editora: Novo Conceito
Páginas: 416
Sinopse: A policial Tessa Leoni matou seu marido, Brian Darby, em legítima defesa. A arma do crime está à vista de todos e os hematomas no corpo de Tessa confirmam a ocorrência. A policial também não fez questão de fugir, ou de arrumar qualquer justificativa para explicar aquele corpo estendido no chão da cozinha, portanto, aparentemente, o que a investigadora D.D.Warren tem à sua frente é o desfecho de uma briga doméstica. Um caso simples. No entanto, ao abrir o inquérito, D. D. terá uma surpresa: este não é o primeiro homicídio de Tessa Leoni e — afinal — onde está a filhinha de seis anos da policial? Será que a policial Leoni realmente atirou em seu marido para matá-lo? Uma mãe seria capaz de prejudicar intencionalmente sua filha? D. D. Warren, a experiente detetive que acredita que desvendar um caso é como mergulhar na vida do criminoso, enfrentará mais uma investigação que a levará a uma busca frenética por uma criança desaparecida enquanto tenta encaixar as peças de um mistério familiar que a levará a quebrar os muros do corporativismo policial.


Sangue na Neve é o quinto livro sobre a detetive D. D. Warren, mas não se preocupem, apesar de nem todos os livros terem sido publicados no Brasil, as estórias independes umas das outras, então dá para ler o livro tranquilamente sem ter lido os anteriores.

Nesse livro, D.D. Warren se depara com o que parece ser um caso de violência doméstica simples: Tessa acabou matando o seu marido ao tentar se defender dele. Até aí tudo bem, mas o caso se complica porque a filha do casal está desaparecida e bem, esse parece não ser o primeiro assassinato de Tessa.
As personagens são muito, mas muito bem contruídas. Tessa é uma mulher forte e muito cativante. O livro é dividido entre a narração de Tessa em primeira pessoa, e dos pontos de vista da D.D. e de seu parceiro Bobby.

Deitada sozinha na mesa, imaginei o quão profundo o escaneamento podia ir. Imaginei se ele veria todas as coisas que eu via quando fechava meus olhos. Sangue aparecendo na parede atrás do meu marido, depois escorrendo até o chão da cozinha... - Desculpe - Brian balbuciou, com três balas no torso. - Tessa, te amo mais.

Acho que as partes em que a Tessa narra são mais legais, porque ela é uma personagem mais humana e você está sempre em dúvida se ela é inocente ou culpada. As partes da D.D. também são boas, claros, mas é que a detetive é um tanto, digamos, chata. A personagem mesmo sabe? Não que ela tenha sido mal construída ou nada do tipo, pelo contrário, D.D. Warren é uma personagem muito complexa e estruturada, é uma questão da personalidade dela mesmo, mais dura, meio robótica, sei lá.

D.D. voltou para o seu carro. Ficou ali sozinha, encolhida por causa do frio e de sua sensação de ruína iminente. Nuvens cinza-escuras reuniam-se no horizonte. Está vindo neve, ela pensou, e desejou novamente que nenhum deles estivesse ali.

Mesmo que nesse livro em questão a D.D. esteja passando por um momento mais pessoal, um drama em sua vida e isso a torne mais “acessível”, ainda sim a Tessa é de longe mais cativante na minha opinião.

E gente, que trama é essa!! Lisa Gardner com certeza entrou para a minha lista de autoras favoritas. Ela escreve muito bem, usa uma linguagem fluida e direta, e criou em Sangue na Neve uma trama que vai te deixar grudada em suas páginas.

Recomendo não só aos amantes do gênero, mas a todos!

Espero que tenham gostado
Beijos

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...